Empreendedorismo feminino em alta! Mais mulheres empreenderam na pandemia

25 de novembro | 2020

A Me Poupe!, em parceria com a Toluna, fez uma pesquisa inédita pra entender como tá o empreendedorismo feminino no Brasil em 2020. E a gente descobriu coisas MUITO importantes com os resultados!

Por Me Poupe!

A pesquisa ouviu mais de mil homens e mulheres do Brasil todo pra entender como tá sendo a relação deles com o empreendedorismo neste ano. Afinal, eles se veem como empreendedores? Por que começaram a empreender? E quando? Como os negócios estão indo?

Em primeiro lugar, tivemos uma descoberta importante: as mulheres começaram a empreender mais que os homens na pandemia!

Afinal, 45% das entrevistadas têm negócios de menos de um ano, e 28% há menos de seis meses! Por outro lado, entre os homens, foram 36% dos entrevistados que disseram que estão empreendendo há menos de um ano.

Nathalia Arcuri fazendo cara de susto

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri fazendo cara de susto

E por quê o empreendedorismo feminino cresceu?

Segundo a nossa pesquisa aponta, isso aconteceu por necessidade! Afinal, a crise parece ter sido mais difícil com as mulheres.

47% das entrevistadas afirmaram que ganham menos hoje do que no começo da pandemia. Entre os homens, 42% afirmam isso. Por outro lado, 39% dos homens ganham o mesmo que antes, ou até mais; isso é verdade para 31% das mulheres.

Além disso, mais mulheres disseram que já estavam desempregadas há muito tempo, e por isso começaram a empreender, e que se voltaram ao empreendedorismo como uma forma de fazer renda extra. Por fim, ter mais independência também foi um fator decisivo.

No entanto, mais homens deram essa última resposta! Afinal, empreender, pros homens que responderam a pesquisa, tem muito a ver com realizar sonhos, ser livre de um chefe ou de um emprego ruim, além de ganhar dinheiro. Já para as mulheres, empreender é mais prático: abrir uma empresa, criar algo novo, ganhar dinheiro.

Ou seja, empreender não era um sonho pra boa parte das nossas entrevistadas, mas foi uma saída que elas encontraram pra sair de uma situação que não queriam estar.

Nathalia Arcuri levantando as mãos e dizendo "é justo"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri levantando as mãos e dizendo “é justo”

E como estão essas empresas?

Dois dados me deixaram com os sovacos suados de preocupação com as nossas empreendedoras!

O primeiro é que 33% das mulheres não têm CNPJ. Isso mesmo: um terço das entrevistadas trabalha informalmente!

E isso me deixa preocupada de verdade, porque ter um CNPJ é muito importante! E é fácil! Afinal, você pode ser uma MEI e começar a emitir nota em poucos passos!

“Mas Me Poupe!, se eu já tô ganhando dinheiro sem ser MEI, por que eu preciso disso???”

Porque, sendo MEI, você pode começar a vender pra outras empresas, além de ter direito a benefícios como aposentadoria, licença-maternidade e até pensão pra sua família, no caso do seu falecimento (a gente espera que não aconteça, mas é bom você saber disso!).

Você também evita ter problemas com impostos: é só pagar todo mês o DAS, que sai por cerca de 60 reais. Aliás, esse valor não muda, independente de quantas notas você emitir no mês.

A Capitã do SOS Me Poupe! já fez um post contando TUDO sobre MEI pra você abrir seu CNPJ e se formalizar logo. Clica aqui pra ler!

Mas teve outro dado que me fez arrancar os cabelos e roer as unhas com força. Você sabia que 41% das empreendedoras não sabe o quanto sua empresa fatura????

Nathalia Arcuri surpresa, exclamando "o quê?!"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri surpresa, exclamando “o quê?!”

Pois é, eu também tive que ler de novo pra ter certeza do que estava vendo!!!

41% das mulheres não sabe o quanto o próprio negócio dá de retorno. E, se não sabe quanto dinheiro entra, não tem como saber quanto é o lucro (ou mesmo SE TEM lucro), planejar o crescimento da empresa, contratar mais funcionários…

Afinal, se é pra empreender pra sair de uma situação ruim – seja o trabalho que você não gosta, a informalidade ou o desemprego – , é pro seu negócio ser uma SOLUÇÃO! E o primeiro passo pra isso acontecer é organização.

Então, pra dar uma força pra todas e todos que estão precisando de ajuda pra botar as contas da empresa em dia, o treinamento Eu, Chefe de Mim tá com 15% de desconto até sexta-feira!

E por que 15%? Que bom que você perguntou!

Tem um estudo que mostra que empresas lideradas por mulheres têm, em média, 15% mais lucro. Então, eu decidi dar 15% de desconto pra todo mundo, como forma de celebrar essa conquista das mulheres!

Ah, que festa do poder feminino!

Agora, eu quero que você me conte aí nos comentários: qual desses dados te deixou mais surpresa e mais surpreso? Você imaginava que as mulheres tinham empreendido mais durante a crise?

Aliás, se você já pensou em alguma mulher que precisa saber que NÃO é a única que começou um negócio na pandemia, manda esse post pra ela! Além disso, avisa que o desconto no Eu, Chefe de Mim é SÓ ATÉ SEXTA-FEIRA!

Até a próxima, e não se esqueça: lugar de mulher é onde ela quiser – inclusive na cadeira de chefe!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a deixar seu comentário