Como falar de dinheiro com sua companheira ou companheiro?

11 de junho | 2021

Se o assunto DINHEIRO é tão complicado no seu relacionamento que você evita a todo custo o assunto com sua companheira ou seu companheiro, hoje é dia de mudar isso! Afinal, casal que fala sobre dinheiro é mais feliz, sim! Bora aproveitar esse dia dos namorados pra melhorar a relação?

Por Me Poupe!

É sério, mepoupeira e mepoupeiro: dinheiro é um dos principais motivos pros casais se separarem. E dinheiro faz parte da vida! Então, hoje eu vou te contar como você pode abordar esse assunto com o seu mozão e garantir que vocês vão conquistar suas metas individuais e compartilhadas sem brigar.  

Ah, que festa do casal endinheirado e feliz!

1. O que vocês realmente querem?

CALMA que não tô falando de ter DR! Tô falando de ter dinheiro!

Mepoupeira e mepoupeiro raiz já sabe: dinheiro é o meio, e não o fim. Ou seja, o dinheiro serve pra servir, pra te ajudar a conquistar tudo que você sempre quis! Mas, se você não sabe o que você quer, vai ser difícil dele te ajudar.

E isso também vale tanto pro que VOCÊ, individualmente, quer, e o que seu mozão quer. Afinal, vocês estão em um relacionamento, não viraram a mesma pessoa. Mas eu já vou retomar esse assunto!

Agora, quero falar sobre as metas de vocês. Além das metas individuais, ou seja, os sonhos que cada um tem, também é essencial que vocês tracem suas metas como casal. Por exemplo, uma viagem de férias, um imóvel, uma TV nova… Qualquer coisa que vocês queiram como casal precisa virar uma meta em conjunto, e os dois precisam investir pra chegar nela!

Deixa eu dar uma refrescada na sua memória e te mostrar o método da Nath pra traçar metas! Pode chamar sua companheira ou companheiro pra assistir junto e começar a pensar no que vocês realmente querem conquistar:

2. O dinheiro de um não é o dinheiro do outro

“Me Poupe!, mas o nosso dinheiro é nosso, não tem essa de meu e seu…”

Então, respira fundo que eu vou te falar uma coisa que você pode não gostar de ler: é hora de separar essas contas.

Como eu falei antes, vocês não viraram a mesma pessoa. Então, não podem ter o mesmo dinheiro. O negócio é saber o que é “meu”, o que é “seu” e o que é “nosso”. A partir disso, vocês vão dividir as contas que têm juntos, planejar os investimentos juntos e o que for de cada um, é cada um por si!

Isso mesmo: se sua parceira ou seu parceiro já pagou a parte dela ou dele das contas e dos investimentos pras metas que vocês têm juntos, você não tem NADA a ver com o que ela ou ele faz com o próprio dinheiro. E o mesmo vale pra você: depois de contribuir com a sua parte, o mozão não tem nada que dar pitaco no que você faz com seus dinheiros.

Agora, eu sei o que você tá pensando… Vocês não ganham o mesmo salário, e um dos dois vai sofrer pra chegar na metade do valor. Qual a solução???

3. Fatias proporcionais

Se vocês não ganham a mesma coisa, não dá pra dividir as contas no meio. Simples assim!

A saída é calcular a proporção! Quem ganha mais, paga mais. E quem ganha menos, paga menos. É justo, né?

Nathalia Arcuri levantando as mãos e dizendo "é justo"

#PRATODOSVEREM: Nathalia Arcuri levantando as mãos e dizendo “é justo”

Calma que eu vou te ensinar a fazer essa conta!

1. Some os dois salários. Por exemplo, se um de vocês ganha R$ 2.000 e outro ganha R$ 3.000, o total é R$ 5.000.

2. Faça uma regra de três pra saber o quanto cada salário representa no todo! Por exemplo:

R$ 3.000 – X%
R$ 5.000 – 100%

É só multiplicar 3.000 por 100, e dividir por 5.000. Logo, R$ 3.000 são 60% de R$ 5.000. R$ 2.000 são 40%.

3. Aplique essa porcentagem para as contas. É claro que vou te dar um exemplo! Vamos supor que o aluguel de vocês seja R$ 2.000. Então, quem ganha R$ 3.000 vai pagar 60% desse total, ou R$ 1.200, e quem ganha R$ 2.000 vai pagar 40%, ou R$ 800.

Isso vale pra TUDO! Todas as contas precisam ser calculadas dessa forma, e os investimentos também. Assim, os dois contribuem com as contas e com as metas do casal de uma forma justa, sem ficar pesado pra ninguém! <3

4. Tire o peso da conversa sobre dinheiro

Falar sobre dinheiro não precisa ser difícil. Afinal, falar de dinheiro é falar de sonhos, metas e soluções! Lembra que eu falei que dinheiro é o meio, e não o fim? Então, ele deve ser a solução, e não o problema.

Por isso, se falar sobre dinheiro sempre causa briga, mude a abordagem: em vez de falar de problemas, de reclamar de gastos e de contas que não fecham, foque na solução!

O que vocês podem fazer como casal pra reverter isso? Como podem unir forças pra rever o planejamento e até fazer renda extra pra fazer uma virada financeira na vida a dois? É isso que deve guiar TODAS as conversas sobre dinheiro no seu relacionamento.

AH! A Nath tá preparando uma surpresa pra te ajudar a conquistar essa vida financeira cheia de tranquilidade e sonhos conquistados. Quer saber mais? Clica aqui e deixa seu email, que logo logo você vai saber!

Também encontre o momento certo de falar sobre dinheiro. Um ouvinte do Me Poupe! 89 resolveu ter essa conversa no dia do aniversário da esposa!! Claro que não deu bom. O ideal é que vocês transformem esse momento em um de conexão do casal, de planejamento pro futuro. Em outras palavras, em um momento leve!

Aliás, dá uma ouvida nesse episódio do Poupecast, que é justamente sobre como falar de dinheiro com o marido ou a esposa, a namorada ou o namorado, sua companheira ou companheiro. Além disso, eu tenho certeza que você vai tirar várias ideias a partir do relato dos ouvintes:

Então, mepoupeira e mepoupeiro, você tem ou já teve esse tipo de problema no seu relacionamento? Me conta nos comentários!

Ah, também pode copiar o link desse post e já mandar pro seu mozão, que é pra ela ou ele estar na mesma página e saber exatamente como é que vocês vão falar sobre o assunto!

Até a próxima, e lembre-se: falar sobre dinheiro é falar sobre seus sonhos <3

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AMÉRICO 15 de June | 2021

Nath, E se um tiver renda variável (autônomo)? Como fica essa divisão em proporções?

Sisi 12 de June | 2021

Socorroooo Nath!!! Não sei mais o que fazer 😭😭😭 Estou me descabelando para por as contas em ordem depois de comprar um imóvel sem planejamento mas valeu a pena por ser a realização de um sonho…. Por outro lado meu esposo não para de gastar com coisas desnecessárias, ja tivemos várias conversas e nada muda parece que só eu me preocupo…. O único jeito será interdita-lo.