Ô-lá!, Me Poupeira! e Me Poupeiro!, tô chegando com não uma, nem duas, mas sim NOVE DICAS pra você conseguir fazer sobrar dinheiro esse mês – e em todos os outros, porque elas são eternas. Ó, que eu tô de olho!

Natalia Acuri

#PRATODOSVEREM: Nath olhando para a câmera, apontando para um dos olhos e dizendo “De olho”



Por Nathalia Arcuri

Ao longo da minha vida, criei diversas técnicas e cultivei hábitos que ainda utilizo e que me ajudaram a chegar em minha independência financeira e ganhar mais que o Bonner pro resto da vida.

E pra você que já acompanha o canal e todas as redes da Me Poupe!, está claro que não tem atalho pra conquistar sua independência financeira, sua riqueza, suas metas, metinhas, metonas… o que tem é esforço, estudo, trabalho e pensamento rico, com hábitos que te ajudam a atingir os seus objetivos.

(Parando pra fazer um parêntese aqui: se você ainda não está inscrito no canal da Me Poupe! no Youtube e nem me segue aqui no insta, comece hoje. Essa é mais uma sugestão que vai te ajudar, porque tem muita dica pra você ser RICAAA e RICOOO)

Agora a chamada pra riqueza foi feita, vamos direto pras nove dicas que separei pra você fechar o mês com dindim sobrando!

 

Dica 1: anote os seus gastos

Você conhece seus números? O quanto ganha, o quanto gasta, o quanto investe? Não faz ideia?

É muito importante saber o quanto entra e no detalhe os seus custos, desde aqueles necessários e que por isso, já estão em nosso radar (por exemplo, aluguel, conta de luz, água, etc) até aqueles pequenininhos, como as comprinhas que fazemos aqui e ali, o gasto do supermercado, os deslocamentos pra irmos em determinado lugar…

E esses pequenininhos são traiçoeiros, viu? Então, pra não deixar que eles escapem, tenha sempre em sua carteira PAPEL E LÁPIS pra anotar um por um.

Ah, mas tem mais um pulo do gato aqui, hein. Pegue o papel e crie quatro colunas nele, em cada uma delas você vai colocar um título: “DATA”, “ONDE”, “PAGUEI COM” e “VALOR”. Quando você for anotar o gasto, preencha cada uma das colunas com as respostas.

 

Dica 2: não desperdice!

Você já parou pra observar tudo o que você pode ter desperdiçado na última semana, mês, ano? Sim, estou falando em escala anual porque nossos pequenos desperdícios podem simbolizar um dinheirão a longo prazo, tá?

Vou dar um exemplo prático: se você deixar pelo menos 4 aparelhos na sua casa ligados em modo stand-by (quando estão desligados, mas ficam com uma luzinha acesa, sabe?), você irá pagar pelo menos R$0,32 centavos por dia e, no fim do mês, R$9,60 a mais em sua conta de luz. Agora pensa, em 10 anos, você terá gastado quase mil reais só pra deixar sua televisão com uma luzinha piscando.

 

Nath me poupe

#PRATODOSVEREM: Nath, com as duas mãos na cabeça, olhando para a câmera desesperada.

E esses desperdícios dificilmente estão sozinhos, então pode considerar que tem mais dinheiro aí nessa conta. Pense, por exemplo, se você tem deixado luzes acesas sem ter ninguém no cômodo, se tem roupas paradas no armário, se costuma comprar alimentos a mais do que utiliza e eles estragam em sua cozinha…

Coisa parada sem uso é dinheiro parado, coisa desperdiçada é dinheiro no lixo. Tá mais do que na hora de prestar atenção nisso, hein!

BORA ELIMINAR OS DESPERDÍCIOS E DISFUNÇÕES!

 

Dica 3: peça descontos

Peça descontos sem medo de ser feliz e não se incomode com quem quiser criticar: a riqueza é sua.

Ah, e quando você for fazer isso, não pergunte “se tem desconto”, pergunte “QUANTO É O DESCONTO PRA MIM?”. Dessa maneira, já fica implícito que o desconto existe e você só quer saber de quanto será 😉

 

Dica 4: compre em atacadistas

Geralmente os atacadistas têm opções de produtos vendidos em um lote maior, mas com um preço por unidade que, comparado ao de mercados varejistas, é mais barato.

E uma boa dica pra aproveitar esses preços e não desperdiçar (porque a ideia não é comprar a mais pra pagar mais barato), é fazer suas compras nesses lugares e dividir os custos e produtos com mais alguém!

Mora com mais pessoas ou tem vizinhos bacanas e confiáveis? Então, que tal combinar a lista e dividir os custos?

 

Dica 5: pesquise antes de comprar!

Não faça compras sem ter pesquisado em no mínimo TRÊS LOJAS DIFERENTES. Fazendo pesquisas você não só encontra o preço mais baixo, como também ganha poder de negociação – que tal negociar um desconto em uma loja pra reduzir ainda mais o preço do produto que você precisa e é vendido por menos pelo concorrente?

Ah, e depois que pesquisar: QUE ME PRE PO DE. “Que isso, Nath? É grego agora?”. Não! Essa é uma técnica revolucionária de economia e basta responder às seguintes perguntas antes de fazer uma compra:

QUERO?
MEREÇO?
PRECISO?
POSSO?
DEVO?

Complicou? Dá uma olhada nesse post aqui  que tem a explicação de cada uma das perguntas 😉

 

Dica 6: cuidado com o golpe!

Me Poupeira! e Me Poupeiro! muita atenção aos golpes! Não clique em links suspeitos, não acredite em promoções bombásticas, nem em promessas de ganhos fáceis. Tem muito golpista por aí querendo tirar o seu dinheiro, então fique alerta!

Uma dica é sempre acessar o site pela página oficial – não clique no link que recebeu, digite diretamente o nome da loja no seu navegador e acesse o site oficial pra validar. E se ainda ficar na dúvida, ligue no SAC da loja.

 

Dica 7: use dinheiro em espécie

Uma boa maneira de controlar mais os gastos é deixar os cartões de lado e adotar o dinheiro em espécie; isso porque, com o dinheiro na mão, fica muito mais claro o que está saindo do seu bolso.

E tem mais uma vantagem: pagando em dinheiro as chances de conseguir descontos são MUITO maiores. E sabe por quê? Te conto. Existe uma lei que autoriza que lojas apliquem descontos dependendo do meio de pagamento usado na compra (se quiser conferir, a lei é essa aqui: nº 13.455).

E como eu tô toda trabalhada nas dicas da riqueza, aproveita mais essa: como o lojista não vai precisar pagar a taxa de 3% da maquininha de cartão, já que você vai pagar em dinheiro, você pode sugerir que ele aplique, pelo menos, essa porcentagem de desconto.

Natalia Acuri

#PRATODOSVEREM: Nath olhando para a câmera e soltando a Margarete no chão, com cara de confiante.

 

Dica 8: saiba o que você quer

Não adianta só economizar dinheiro sem saber o que você quer fazer com ele. Já falei diversas vezes que o dinheiro pelo dinheiro não tem valor. O dinheiro é um meio pra chegar em algum objetivo, por isso, é muito importante ter metas, metinhas e metonas.

Além das metas de conquistas, tenha também metas de gastos. Por exemplo, planeje o teto dos gastos com as compras do supermercado e seja firme. Isso também ajuda a economizar dinheiro 😉

Muito melhor do que sonhar, é traçar um plano pra alcançar esses sonhos! Quer ter sua casa própria? Fazer uma viagem pra Tailândia? Bancar aquele curso de gastronomia referência? Vai com tudo! Planeje-se e estabeleça os passos pra esse objetivo.

Bem, até aqui já fizemos algumas boas economias pra fechar o mês com dinheiro sobrando, mas eu tenho uma última dica:

 

Dica 9: ganhe mais dinheiro

Essa é pra fechar o mês com MAIS do que dinheiro sobrando, é pra fechar com RENDA EXTRA, Me Poupeiras! e Me Poupeiros!.

As possibilidades pra fazer renda extra são muitas e em todos os canais da Me Poupe! você vai encontrar dicas, inclusive, já vou até deixar um link  de um e-book pra salvar o orçamento: Guia Me Poupe! pra ganhar dinheiro só com o celular.

Pense bem nos seus hobbies, talentos e em qualquer serviço ou produto que você pode oferecer, busque os melhores caminhos para divulgar e bora ganhar um dinheiro extra pra alcançar suas metas, metinhas e metonas.


Se você conhece alguém que tá precisando de uma força pra conseguir fechar o mês com dinheiro sobrando, ajuda a coleguinha e o coleguinha: manda o link desse post e o vídeo que tá aqui embaixo 👇





Você também pode se interessar por:
Por que tudo está tão caro?
5 novas dicas pra economizar no mercado
A conta de luz aumentou! Confira dicas pra economizar energia
4 mentiras sobre renda extra que te impedem de ganhar dinheiro